logo pro blog

22 de nov de 2007

Guerreiro Moderno - Uma questão de hábitos

Durante o treino essa manhã, tive diversos flashes e pensamentos sobre pequenas atitudes, que no final das contas viram um estilo de vida, e mais afrente acabam refletindo em todo seu treino, e penetra no cotidiano. Não sou nenhum doutor nesse tipo de assunto, e nem um grande estudioso, mas algo que o mundo dos treinamentos fisicos rigidos me trouxe foi uma capacidade de me entender e entender os pequenos habitos que fazem diferenças. Mas como sempre falo isso é tudo opinião pessoal, se discordar, ignore o que leu e siga sua vida. Esse texto segue tudo que consegui pensar num estilo de vida que influencie nos treinos e na mentalidade de um verdadeiro Guerreiro.
Obviamente existem vários outros pontos, mas esses são alguns que consegui pensar, mas a ideia é mostrar pequenas atitudes que fazem uma grande diferença.

Guerreiro Moderno - Uma questão de hábitos

Não conheço quem não adimire atletas determinados, pessoas que se sacrificam pelo que acreditam e que treinam cada vez de forma mais intensa para alcançar suas metas, a maioria das pessoas quer alcançar uma auto-suficiencia fisica a ponto de poder ser considerado forte, saudavel, estéticamente agradavel, e determinado. Quando nos encontramos nesse estágio o ponto mais dificil é saber por onde começar e o que fazer, o primeiro ponto é achar o que você gosta de fazer.
Experimente diversas atividades, esportes, artes marciais, uma das coisas mais falhas que conheço é treinar por estética, conforme o resultado aparece nos tornamos cada vez mais relapsos, até voltar para a estaca zero, e o ciclo se repetir eternamente num verdadeiro efeito sanfona. Descubra algo que te de prazer, futebol, volei, karate, rugby, tenis. E sempre treine com vontade, sinta prazer no que está fazendo!

Crie métas, corra mais rapido, pule mais alto, chute mais forte, saque a bola de forma tão intensa que o adversario nunca vá conseguir pegar, busque algo, treinar por treinar é ligar o automático, e se tornar mais um dos práticantes de fim de semana convencionais, busque o impossivel, procure melhorar sempre, se existe algo que você não faz bem melhore isso!

Sacrifique-se! A Maior caracteristicas dos seres humanos bem sucedidos é sacrificar pequenas coisas para alcançar seus resultados e métas. Acorde mais cedo para treinar, acorde quando ainda está escuro e treine antes do trabalho. Na sua consciencia isso vai pesar como treino, você se fortalece mentalmente conforme se depara com situações mais dificeis. Chegue mais cedo da balada para treinar no dia seguinte, desculpas de que durmiu pouco não são motivos para matar treino. Tome uma cerveja a menos, sacrifique a sobremesa, o sorvete, fazendo isso apenas às vezes ja vai fazer uma diferença inacreditavel no desempenho, e no treino.

Se sinta mal por não treinar, o bom guerreiro sabe que o progresso é dele, e ele precisa disso para evoluir. Não consigo imaginar um motivo real para não treinar, se está com raiva, desconte sua raiva treinando, trabalhe com mais intensidade e força, bote tudo pra fora. Se estiver feliz, treine com felicidade e alegria, treine duro porque isso te faz bem.

100% sempre, tudo na vida depende disso! A Sessão de treino mais leve pode se tornar uum treino rigido e proveitoso, os treinamentos mais rigidos dependem sempre de alguem te cobrando postura, vontade, força! De 100% sempre nos treinos mais leves, e transforme-os em treinos mais rididos do que treinos rigidos feitos sem vontade.

Divirta-se, use suas habilidades para se tivertir, jogue por prazer e tire toda responsabilidade das costas, faça por diversão e sem compromisso, brinque relaxe... Saiba que você também deve brincar e se descontrair, fazer atividades diferenciadas, jogar paintball, pique esconde, nunca se é velho demais para isso, se divirta e use seu corpo de variadas formas possiveis, sinta-se livre, relaxe...

Treine tudo o que gostar. Se quiser aprender alguma habilidade nova, encaixe isso de alguma forma no seu treino e se desenvolva, habilidades nunca são demais, lembre-se você é um Guerreiro. Diversidade tira o stress, pode divertir e exercitar. Mantenha a mente aberta, evolua!

Se alimente de forma saudavél, Seu corpo é como um carro, se você não abastecer ele não funciona! Se colocar gasolina de má qualidade, ele anda mais devagar e estraga o motor! Combustivel errado causa problemas que podem causar uma parada no motor. Prefira alimentos naturais, não processados, e sem gordura! Verduras das mais variadas são boas! Não sinta fome, coma várias vezes ao dia e de forma controlada, se achar necessário, coma menos doce, evite o sorvete, escolha um dia na semana para comer uma besteira que te agrade, faça da má alimentação uma exceção, não uma regra.

Leia sobre treinos, motivação, formas de se exercitar, se alimentar, pesquise! Mas também leia livros de literatura, poemas, assuntos váriados, a saude mental faz parte de tudo na vida, quanto mais você desenvolver a mente e o fisico, Melhor vai ser seu desempenho no trabalho, estudos, e em qualquer outra atividade.

Descanse! Descansar também é faz parte do treinamento, tire dias inteiros de repouso, trabalhe com alongamentos, faça uma caminhada, ande de bicicleta no parque, de uma volta de patins, jogue um boliche. Descansar não quer dizer ficar parado! Aprender a ouvir o corpo e sentir quando ele precisa dar uma diminuida no rítimo é essencial!

Crie hábitos saudaveis, use a escada, se trabalhar em andares muito altos e achar exagerado, peque o elevador e desça alguns andares antes. Caminhe entre os lugares, caminhar é otimo para botar pensamentos no lugar, estimula a circulação e mantem o metábolismo funcionando. Se andar de onibus, use a dica da escada, desça uma parada antes e caminhe por 10/15 minutos que seja até o local desejado.

Defina seu ritimo, você é uma pessoa unica, tem sua vida, seu cotidiano. Você não precisa se adequar a algo que não te faz bem, se não conseguir correr o tanto que seu colega diminua seu rítimo, mas lembre de aumentar gradualmente. Não se envergonhe de não conseguir algo, se orgulhe de trabalhar duro e conseguir depois.

Saiba reconhecer seu proprio esforço, mas não ache que se esforça demais, autopiedade é tudo que você não precisa. Seja realista consigo mesmo, e saiba que se está se esforçando e conseguindo, é porque consegue, e porque é capaz de mais ainda, o céu é o limite!

Faça o mais dificil como se fosse o mais facil, mantenha a cara de tranquilo quando todos estiverem cansados, faça movimentos de leve no tempo de descanso, use partes do seu corpo que você não cansou. Alonge um pouco mais, mas nunca demonstre cansaço, demonstrar cansaço é fraqueza!

Não reclame de uma proposta de treino mais rigida, faça sua parte, se não conseguir concluir, esteja feliz de ter dado seu máximo, isso vale mais do que nem tentar ou ficar reclamando pela dificuldade.

Faça tudo na vida como se fosse um treino, isso vai mostrar a diferença entre você, guerreiro, e todos os outros ao seu redor! Treine ser pontual e chegar 5 minutos antes nos compromissos, treine formas de se comunicar melhor, perder vicios de linguagens, se articule melhor, melhore sua postura, seja mais agradavél, respeite o sinal de transito, seja mais paciente, faça tudo da forma certa, sem negligenciar sua forma certa, assim como seria num treino. Ser um guerreiro de verdade exige não só treino, como atitude e moral.





21 de nov de 2007

Ninjutsu - Kurokawa Ryu


Visitei recentemente o dojo da escola de ninjutsu Kurokawa Ryu, como parte do meu pequeno projeto pessoal de visitar varias escolas de varias artes marciais diferentes. O Dojo é localizado no clube Nippo, que é um clube japones em brasilia. Fui eu e o santigas fazer uma aula com eles lá e que no geral me trouxe bastante surpresa e reflexão.


A aula começou com uma series de comprimentos e falas em japones, um alongamento pra lá de demorado, e então o Sensei (desculpa esqueci o nome) indicou para começarmos com as quedas, fizemos quedas frontais com sustentação com os antebraços, quedas para trás como as do aikido que se bate no chão antes do corpo alcançar o solo, e então começamos a treinar rolamentos.
Uma coisa que decidi a algum tempo é não falar mais para as pessoas que treino Parkour, apesar da grande surpresa do Sansei quando fiz alguns rolamentos, preferi não explicar aonde eu havia aprendido a rolar, daria menos trabalho. Treinamos rolamentos frontais, de costas, rolamentos saltando (dive roll), uma variação de rolamentos sequenciais de frente e de costas. Fizemos alguns rolamentos saltando por dentro de um pequeno arco, e também passando uma altura mais ou menos no umbigo, e com uma certa distancia para ser passada.


Depois entramos na parte do combate, começamos com sequencias de jab/direto e esquiva, sendo permitido acertar o adversario caso ele não esquivasse. "Você fez sua parte que era acerta-lo, se ele não fez a dele que era esquivar, não é sua culpa". Depois partimos para os chutes chute na parte de dentro da coxa(acertando pra valer) e depois jab/direto. Treinamos Low Kicks como os de muay thai, chutes na costela, e chutes no rosto, o unico que obviamente não era para receber o chute era o do rosto, o resto a intensão era calejar. Usei também algumas sequencias de chutes que são comuns no taekwondo, como Yop, e Dwitchagui. Foi então que entramos na parte de chaves e torções, treinamos algumas variações por algum tempo, e então passamos as quedas, finalizando assim o treino com o mesmo ritual inicial.
Considerações


Quem sou eu para falar da arte dos outros, da metodologia e da vivencia de cada um, só estou expressando meu ponto de vista pessoal de acordo com o que tenho vivido e presenciado, então nada escrito aqui é lei, são só opiniões. Durante todo decorrer do treino era sempre deixado bem claro que o objetivo eram situações reais, leve isso em consideração quando ler os comentários.
O Treino de quedas do meu ponto de vista é meio perigoso de ser realizado na rua, não me imagino caindo descontrolado em direção ao chão e colocando meu antebraço pra jogo contra o asfalto. A técnica de queda de costas no caso de cair de um lugar alto, também pode ser bastante lesiva, imagine seu corpo caindo de uns 2 metros de altura, e você batendo com sua mão no chão antes do corpo alcançar, acho que um punho com problema seria certo. Porém no caso de usar uma queda dessas quando arremessado por alguem (como no aikido) apesar deu não pensar em fazer isso no asfalto também, acho que pode ser eficiente.


A Parte de rolamentos foi relativamente boa, tirando um comentário feito pelo sensei que acho bastante perigoso foi que quando realizar o rolamento no asfalto, entrar de frente usando os dois ombros, "dois ombros amortecem melhor do que um" acho que citar a utilização do ombro dentro de um rolamento, principalmente no asfalto é um erro enorme, e pode gerar uma lesão na clavicula. até pensei em voltar la qualquer dia para conversar sobre a divergencia de idéias e tentar trocar experiencias, não queria discutir sobre isso na frente dos alunos dele, alem de ser deselegante, seria perda de tempo.


Na parte de lutas não tenho absolutamente nenhuma reclamação ou objeção, os chutes eram bons e eficientes, os caras aguentam bem o tranco, e treinam bem calejamento, os socos eram firmes e rapidos, e esquivavam muito bem. Obviamente não podemos comparar a especialidade como o generalizado, eu só treino chute então meus chutes mais rapidos e mais fortes, mas pra quem treina tudo isso junto, eles faziam isso muito bem. A parte de chaves como é a que menos conheço foi a que mais gostei, eles sabiam uma velocidade enorme de chaves e faziam muito bem, saindo de uma variação para outra, dependendo da reação do oponente, e as quedas seguidas de chaves também me pareceram muito boas.


No geral gostei muito dos treinos, mas acho que para alguem iniciante e sem um costume em exercicios e técnicas de luta, seria muito complicado assimilar todas essas informações em um treino só, acho que a critica maior fica nisso, muita informação em apenas um treino, mas como existe muita matéria, não sei como deveria ser dividido. Não existiu em momento algum trabalho fisico, mas como foi apenas um treino não tenho como saber se em outros dias não acontece. Eu que sempre fui preconceituoso com ninjutsu mas estou com orgulho de postar isso aqui, o treino da Kurokawa Ryu é bom e foi aprovado :D em breve devo ir testar alguma outra escola para fazer a prova real do Ninjutsu, se a escola era boa ou a arte no geral é assim.

8 de nov de 2007

Calm before the flood...


Sei que esse é um blog de treino, mas novamente vou sair do assunto para desabafar um pouco.
Pequenas coisas que acontecem no dia-a-dia acabam nos matando aos poucos, e você acaba que acumulando toda essa tensão como se acumula explosivos em uma bomba, no final de um dia stressante você acaba virando uma bomba controlada esperando apenas um choque para acabar explodindo.


No final do dia quando você atinge o que pode ser o auge do stress, você acaba seu dia e a tensão vai diminuindo a um nivel aceitavel, então você dorme, e assim começará outro dia. O problema começa quando você não consegue dimiunir a quantidades de explosivos da bomba, e você acorda cada dia mais de saco cheio, até que você acorda um dia com a bomba engatilhada. Isso é meio que um cenário de como eu tenho me sentido em relação a maioria das coisas do meu cotidiano, agora que você ja tem uma ideia de como funciona o sistema de stress pelo menos comigo, você vai entender por minha angustia.


Venho frequentemente trabalhando até depois do expediente, acordando as 6 da manha pra treinar, ando bastante todos os dias para fazer muita coisa pela empresa ja que não tenho carro, tenho de aguentar desaforo de pelo menos 8 chefes diferentes que tenho, clientes, ainda chegar a noite ir pra faculdade e ter obrigação de prestar atenção, entender, me virar para fazer trabalhos da faculdade durante o meu dia, mas o seu chefe nunca lembra que você é universitario e que as vezes você tem necessidade de cumprir esses deveres, ultima vez que fiquei na hora do almoço para fazer trabalho de faculdade trabalhei mais do que se tivesse ido almoçar normalmente.


Fora os acasos do cotidiano como pessoas mal-educadas, outras pessoas estressadas do seu cotidiano e da sua vidinha mediocre, e todos eles procurando uma valvula de escape, e durante o dia várias pessoas acabam sofrendo com as explosões alheias, e assim contribuindo para esse efeito em cadeia, até a hora que BOOOM, chega a sua vez.Tenho total consciência de que ninguem tem culpa dos meus problemas, e que nada me da o direito de descontar minhas frustrações em ninguém, mas imagine você no auge com o pino da granada puxado, sangue nos olhos, e por cima de tudo o mundo conspira contra você.


São meia noite com sono esperando um onibus depois de um dia infernal como todas as coisas que citei acima, ai então você comça a ouvir um bebado gritar do seu lado, todos os carros que param ele grita que esta armado pro cara sair correndo se não ele vai começar a atirar, visivelmente ele não tem arma nenhuma, ai ele começa a gritar pro povo que passa, ai então passa alguem num onibus e joga um caroço de manga que por sorte não te atinge, mas ja soma uma raiva, por final você fica 1 hora esperando um onibus que não vai passar... Por um segundo pensei em explodir em cima do maldito bebado, e descontar toda minha raiva nele, pobre coitado... To cansado e ficando puto, só um desabafo.

6 de nov de 2007

Back and Improving


Esse vai ser um post longo e demorado, então vamos por tópicos.

1 - Mudanças

Depois de algumas semanas pensando e pensando sobre mim, decidi que precisava dar uma mudada geral, talvez para me sentir diferente, mudar o que me identificava e dar abertura a uma nova identidade, então decidi que deveria cortar o cabelo.

Antes de cortar, ja tinha decidido isso algumas vezes, mas nesse domingo em especial depois de treinar me senti encomodado com aquele cabelo suado, dificil de prender, entrando no rosto, então depois de tomar banho resolvi que iria cortar tudo.


2- The lever stuff

Nunca tinha treinado para fazer Elbow Lever e outros tipos de paradismo assim (vide beastskills), mas esse mes depois do rodrigo aprender alguns e conseguir fazer, me senti desafiado (ahaha) a aprender isso também, então dei uma treinada e consegui fazer o Elbow Lever, tenho treinado o Back e o Front Lever também, ambos consigo ficar uns 3 segundos imaginarios, mas ando treinando repetições de tentativas, e os educativos dele (fazendo com uma das pernas dobradas que fica mais facil, isso tem sido uma das boas mudanças de treinos que tem me deixado mais motivado e mais feliz com os treinos.

3 - Powering up

Ainda na parte do meu treino fisico me surpreendi fazendo series de 20 barras, 20 barras costumavam ser o meu "máximo" e agora se tornaram repetições possiveis de se fazer em series, fiquei bem feliz com isso também. Estou criando o costume de fazer 200 flexões antes de dormir, e 100 abs ao acordar (3x na semana que são os dias que durmo em casa), isso me ajuda a manter o musculo trabalhando mesmo nos dias que não tive tempo de fazer um treino propriamente dito, funciona apenas como um "Plus" no fisico, mas como aconteceu ja umas duas vezes, se os braços estiverem cansados de alguma sessão anterior, eu trabalho alguma coisa a parte como cadeira, ou equilibro nas minhas "Fort Flex" (pequenas barras paralelas que comprei para botar no chão!).

4 - "I Can kick you higher than you can kick me!"

O Taekwondo que eu andava treinando muito meia boca sem vontade (indo os mesmos dias de sempre) voltei a treinar com vontade, chutar forte e rapido, dar o maximo no treino e nas lutas, se for pra fazer vamos fazer bem feito, tomei a decisão que ou vou fazer com vontade ou vou parar de fazer, e isso serve pra tudo que tenho feito, desde Parkour até os estudos.

Acho que por enquanto é isso se eu lembrar de mais alguma coisa posto aqui quando for postar as fotos, abraços!